MINHA CONTA

Endereço de e-mail

Senha

Joias de Prata 925 e 950

Aneis de Prata 925 e 950 com Pedras

Anel de Prata 925 com Esmeralda, Rubi e Safira Naturais e Zircônias Cúbicas Lapidação Diamante

Anel de Prata 925 com Esmeralda, Rubi e Safira Naturais e Zircônias Cúbicas Lapidação Diamante

(001204)

Marca:  Preciosa  | 

Modelo:  Jóia de Prata 925 com Gemas Naturais e Zircônias Sintéticas

Fantástico Anel de Prata 925 com Esmeralda, Rubi e Safira Naturais e Zircônias Cúbicas

mais informações

Anel de Prata 925 com Esmeralda, Rubi e Safira Naturais e Zircônias Cúbicas Lapidação Diamante

(001204)

Marca:  Preciosa  | 

Modelo:  Jóia de Prata 925 com Gemas Naturais e Zircônias Sintéticas

Fantástico Anel de Prata 925 com Esmeralda, Rubi e Safira Naturais e Zircônias Cúbicas

mais informações

As combinações acima não possuem estoque.

de: R$ 499,00

por: R$ 249,00

ou por 8x de R$ 35,46 com juros

ESTOQUE: 1

Quantidade

+

-

COMPRAR

Ver outras formas de pagamento e parcelamento

Frete e prazo

Frete e prazo

calcular

Não sei meu cep

Descrição do Produto

DESCRIÇÃO:

Anel de Prata 925 com Esmeralda, Rubi e Safira Naturais e Zircônias Cúbicas

Nome da(s) Pedra(s): Esmeralda, Rubi e Safira Naturais e Zircônias Cúbicas Sintéticas
Cor da(s) Pedra(s): Verde, Vermelho, Azul e Branco
Aro: 16,5*
Peso: 5,6 gramas, ou 28,02 CT. (peso total de prata + pedra)
Tipo de Metal: Prata 925
Dimensões da(s) Pedra(s): 5,0 X 3,0 mm; ZC: 1,5 mm
Face: 22,0 X 15,0 mm
Lapidação: Oval Facetada e Redonda Diamante
Clareza da(s) Pedra(s): IF a VVS e Excelente
Brilho: Elegante
Tratamento: Não Aquecido e Aquecido
Origem da(s) Gema(s): Zâmbia e África
Origem da Jóia: Thailândia

*OBS: O aro do anel pode ser alterado para qualquer tamanho; basta adquirir um item "Ajuste de Anel" no Departamento "Outros" para cada anel que deve ser alterado e informar o número desejado no campo "Observações" na conclusão do pedido.

CURIOSIDADES:

Safira

O nome Safira vem do grego e significa "azul". Antigamente, o nome safira era utilizado para designar todas as pedras azuis. A safira pertence ao mesmo grupo do rubi, o grupo dos coríndon. As safiras possuem diversas cores, desde o azul, amarela, rosa, laranja, pois a única cor da família dos coríndons que não é safira é a vermelha, que é o rubi. Em 1966, foi encontrada a maior safira estrelada (astérica), um cristal de 63.000 quilates (=12,6kg).

Jazidas: As jazidas mais importantes de safiras estão na Austrália (Queensland, desde 1870), Birmânia, Norte da África, Sri Lanka e Tailândia. As melhores Safiras vinham, antigamente, de Kashmir, na Índia; a jazida se encontrava a 5000m de altitude e estava sendo explorada desde 1880 e parece estar esgotada

Cuidados com sua safira: É uma pedra muito resistente, um dos mais duráveis. Deve-se apenas tomar cuidado com os riscos.

Esmeralda

A esmeralda, assim como o berilo e a água-marinha, é do grupo do berilo e é a pedra mais nobre desse grupo. O seu nome provém do grego smaragdos, mas a origem provavelmente é do hindu antigo e significa "pedra verde".
Somente as qualidades mais preciosas de esmeralda são transparentes. Geralmente esta pedra aparece com inclusões e estas não são consideradas defeitos desde que não sejam importantes. Estas inclusões, muitas vezes, são prova de que a pedra é autêntica.

Jazidas: As jazidas mais importantes de esmeralda estão na Colômbia. A melhor delas foi explorada pelos incas e posteriormente abandonada. No séc. XVII esta jazida foi redescoberta e possui esmeraldas de qualidade muito fina. Existem também jazidas no Brasil e no Zimbábue.
Cuidados com sua esmeralda: A esmeralda não deve ser utilizada em atividades como esportes, trabalhos de casa ou qualquer outra atividade na qual a esmeralda possa receber pancadas. A esmeralda é uma pedra muito sensível a batidas fortes e riscos. Devem-se evitar também mudanças de temperatura repentinas.

Rubi

O nome rubi vem do latim "Ruber" que significa vermelho. Assim como a safira é do grupo dos Coríndons. É o mineral mais duro depois do diamante. Assim como as esmeraldas, possuem muitas inclusões que são provas de sua legitimidade. Apenas 1% dos rubis é utilizado para joalheria. Os rubis grandes são raros e muito valiosos. O maior rubi digno de ser lapidado tinha 400 ct e foi encontrado na Birmânia.
Jazidas: As jazidas de Rubi estão localizadas principalmente em Sri Lanka, Índia, Birmânia, Tailândia e Tanzânia

Cuidados com o rubi: O Rubi é a mais durável das pedras preciosas depois do diamante. Para assegurar longa vida de sua jóia proteja-a dos riscos.

Comentários