MINHA CONTA

Endereço de e-mail

Senha

Imagem 1
Imagem 2

Joias de Prata 925 e 950

Brincos de Prata 925 e 950

Brincos de Prata 925 com Lápis de Turquesa Naturais

Brincos de Prata 925 com Lápis de Turquesa Naturais

(001147)

Marca:  Preciosa  | 

Modelo:  Jóia de Prata 925 com Gemas Naturais

Encantadores Brincos de Prata 925 com Lápis de Turquesa Naturais

mais informações

Brincos de Prata 925 com Lápis de Turquesa Naturais

(001147)

Marca:  Preciosa  | 

Modelo:  Jóia de Prata 925 com Gemas Naturais

Encantadores Brincos de Prata 925 com Lápis de Turquesa Naturais

mais informações

As combinações acima não possuem estoque.

Produto temporariamente indisponível

Descrição do Produto

DESCRIÇÃO:

Brincos de Prata 925 com Lápis de Turquesa Naturais

Nome da(s) Pedra(s): Turquesa Natural
Cor da(s) Pedra(s): Azul
Corte da(s) Pedra(s): Lápis Facetado
Peso da Jóia: 6,0 g, ou 30,0 CT. (peso total de prata + pedra)
Tamanho da jóia: 5,0 cm
Clareza: Excelente
Brilho: Lindo
Tratamento: Sem Tratamento
Origem da(s) Gema(s): Turquia
Origem da Jóia: Índia
Metal: Prata 925
Quantidade: 01 par


CURIOSIDADES:

Turquesa

Uma das gemas mais tradicionais, a turquesa, é um mineral valioso e é, possivelmente, o mais valioso mineral não-transparente no comércio de jóias. A turquesa tem sido minada por eras, desde pelo menos 6000 aC. pelos adiantados egípcios. Sua história também inclui belas criações ornamentais por nativos americanos e persas. Sua popularidade ainda é muito forte hoje.

Trata-se de um fosfato hidratado de cobre e alumínio. É reconhecida principalmente por sua cor, tão característica que se fala com muita freqüência em azul-turquesa.

A cor, na verdade, varia do azul-celeste, a mais valiosa, ao verde-azulado ou verde-amarelado. Os tons azuis são devidos ao cobre e os verdes, à presença de pequenas quantidades de ferro.

Ao contrário da maioria das gemas, a turquesa não tem brilho vítreo, e sim porcelânico. Tampouco mostra transparência, sendo translúcida a opaca.

Apesar da cor e brilho característicos, nem sempre é fácil identificar a turquesa. Existem outras gemas que podem se assemelhar a ela, como a amazonita, a crisocola e variscita.

Existe também a turquesa reconstituída, obtida com gema natural pulverizada misturada a uma cola e prensada, de modo a ficar compacta o suficiente para poder ser lapidada.
As turquesas mais valiosas provêm do Irã, mas este é desafiado por alguns espécimes do sudoeste dos Estados Unidos. No Brasil, a produção é muito pequena.
O nome turquesa pode ter sido dado com referência aos turcos, que introduziram esta pedra na Europa. Costuma-se lapidá-la na forma de cabochão e não facetada, pois além de ser uma pedra opaca, possui veios terrosos escuros.

Jazidas: As jazidas do Sinai foram exploradas há 4.000 anos a.C. As melhores turquesas são encontradas no Irã (turquesa persa). Outras jazidas podem ser encontradas no Afeganistão, Austrália, China (Tibete), Israel, Tanzânia e EUA.
Cuidados com sua turquesa: A natureza porosa e a baixa dureza do mineral tornam as pedras muito sensíveis, pois podem perder sua cor e seu brilho facilmente. Esta pedra pode sofrer alterações pelo suor da pele, cosméticos ou pela perda de sua umidade natural. Deve-se tomar cuidado com riscos ou raspões.

Propriedades: Tem a capacidade de absorver sentimentos negativos que podem vir a seu portador. Sua cor muda quando o portador está doente ou quando algo desagradável está para acontecer. Protege contra poluição do ambiente. Pedra sagrada para o Budismo Tibetano. Grande poder de cura, símbolo do mar e céu, protege contra choques de acidentes violentos.

PRODUTOS RELACIONADOS

Produtos Relacionados

Comentários

DÚVIDAS? CLIQUE AQUI!