MINHA CONTA

Endereço de e-mail

Senha

Brincos de Prata 950 com Lápis Lazuli e Flor de Quartzo Rutilado Imagem 1 Brincos de Prata 950 com Lápis Lazuli e Flor de Quartzo Rutilado Imagem 2 Brincos de Prata 950 com Lápis Lazuli e Flor de Quartzo Rutilado Imagem 3
>
DE: R$ 529,20
POR: 249,20

ou 12x de R$ 26,31 com juros

COMPRAR
Imagem 1
Imagem 2
Imagem 3

Joias de Prata 925 e 950

Brincos de Prata 925 e 950

Brincos de Prata 950 com Lápis Lazuli e Flor de Quartzo Rutilado

Brincos de Prata 950 com Lápis Lazuli e Flor de Quartzo Rutilado

(000506)

Marca:  Preciosa  | 

Modelo:  Jóia de Prata 950 com Gemas Naturais

Brincos de Prata 950 com Lápis Lazuli e Flor de Quartzo Rutilado

mais informações

Brincos de Prata 950 com Lápis Lazuli e Flor de Quartzo Rutilado

(000506)

Marca:  Preciosa  | 

Modelo:  Jóia de Prata 950 com Gemas Naturais

Brincos de Prata 950 com Lápis Lazuli e Flor de Quartzo Rutilado

mais informações

As combinações acima não possuem estoque.

de: R$ 529,20

por: R$ 249,20

ou por 12x de R$ 26,31 com juros

ESTOQUE: 1

Quantidade

+

-

COMPRAR

Frete e prazo

Frete e prazo

calcular

Não sei meu cep

Descrição do Produto

DESCRIÇÃO:

Brincos de Prata 950 com Lápis Lazuli e Flor de Quartzo Rutilado

Tamanho da Jóia: 51 x 15 mm
Peso da Jóia: 5.6g
Nome da Pedra: Lápis Lazuli
Qualidade das Pedras: Natural
Claridade das Pedras: VVS
Lustre das Pedras: Excelente
Peso da Pedra: 20 cts (quartzo)
Tamanho das Pedras: 11 x 11 mm, 15 x 15 mm
Cor das Pedras: Azul e Amarelo
Corte Ladipação: Triangular e Flor
Metal: Prata 950

CURIOSIDADES:

Quartzos

Quartzo é um mineral formador de rochas, pois se encontra em quase todos os tipos de rochas; é também uma pedra ornamental e uma gema.
Por causa de suas propriedades, ele é dificilmente atacável, seja por via mecânica, seja por via química. Por esse motivo, é o mineral mais abundante na terra. O nome quartzo tem se mantido em sua forma primitiva, não tendo sofrido qualquer alteração posterior.
Quando componente principal das rochas, ele se apresenta na forma de quartzo cristalizado, vítreo, incolor e transparente, ou como quartzo-comum, opaco, quartzo-leitoso ou quartzo-filoniano. As variedades coloridas são pedras ornamentais muito apreciadas.
Brilho vítreo, traço branco, fraturas concóides e estilhaçáveis, não exibe clivagem e é muito estável, sendo atacado somente pelo ácido fluorídrico. As formas trigonais bem cristalizadas apresentam, usualmente, prismas hexagonais e faces romboédricas nas extremidades.
Além de seu emprego em jóias, o quartzo é muito usado pelos terapeutas que empregam cristais. Importante como matéria-prima na indústria eletrônica, como abrasivo, nas indústrias de vidro e cerâmica.
É utilizado também no campo da medicina para a obtenção de ultra-sons (por causa de suas propriedades piezelétricas) e para o controle de emissores e relógios. Os vidros de alta qualidade são chamados de cristal, o que vem aumentar ainda mais a confusão de nomes envolvendo o quartzo... Copos de cristal, lustres de cristal, entre outros, são feitos de vidro, que não é matéria cristalina. Por isso, quando se fala de quartzo-incolor, deve-se usar o nome correto, cristal de rocha, e não apenas cristal...
Um elemento importante para o reconhecimento do quartzo são as estrias sobre as faces prismáticas. Encontra-se em geados, filões, cavidades e drusas.
No Cazaquistão, por exemplo, foi encontrado um cristal, em 1958, com a altura de uma casa de dois andares, pesando 70 toneladas. As drusas, agregados de cristais desenvolvidos sobre uma base plana, podem conter, no caso do quartzo-incolor, milhares de cristais, totalizando centenas de quilogramas. A maior já encontrada tinha 784 kg!

Fórmula: Si O2 (anidrido silício, denominado sílica). D: 7. DR.: 2,65.

Localidades: O Brasil é o maior produtor mundial de quartzo, com jazidas principalmente em Minas Gerais, Goiás e Bahia, particularmente na região do Planalto Central, próximo ao Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros. Também é encontrado na Espanha, Alemanha, Alpes, Urais, República de Madagáscar.

Analogias: Energia: projetiva, receptiva. Planeta: Sol, Lua. Signo Leão. Elemento: fogo, água. Chakra: coronário, todos. Tarô: O Mago.

Para aqueles que gostam: Significado Esotérico

A pura luz branca emitida através dele, por conter todas as cores, possui qualidades regeneradoras e energizantes. É fonte de força cósmica, ideal para sessões de cura. Possui uma aura radiante, muito forte, indicada para harmonizar o ambiente. É o cristal da sabedoria, do misticismo e da clarividência, usado como um amplificador poderoso. Dá proteção contra todos os tipos de radiação. É extremamente eficiente em radiodifusão e armazenamento de formas-pensamentos.
O cristal de quartzo, o mais comum de todos os cristais, costuma ser colocado no alto da cabeça, no chakra da coroa, e diz-se que ele estimula a glândula pineal, sensível à luz, e ativa a consciência superior. Objetivo: cura, psiquismo, poder, equilibra as emoções, excelente para a meditação, desfaz negatividade no campo energético da pessoa e do ambiente.
É a pedra da vitória, auxilia vencer a ansiedade e ajuda a percepção intuitiva. Proporciona um equilíbrio emocional, físico e mental. É uma pedra universal que reflete todas as cores do arco-íris. É a pedra vocacional, anti-dispersiva, é muito usada por bruxos preguiçosos. Ela deve ser guardada num saquinho de couro com ramos secos de arruda, avenca, hera e um pouquinho de tabaco.

O cristal-de-rocha é o mais comum de todos os cristais. Pedernal (pederneira) é o quartzo comum, arredondado pelo transporte em águas dos rios...
Como vimos, cristal é um termo genérico. Diz-se de todos os minerais que têm a forma cristalina, ou seja já nasce como cristal, como o quartzo que é um cristal!
O quartzo-puro é conhecido como cristal-de-rocha ou simplesmente quartzo.
O quartzo-violeta é conhecido como ametista.
O quartzo-amarelo é conhecido como citrino.
O quartzo-rosa é conhecido como quartzo-rosa.
O quartzo-verde é conhecido como aventurina e por aí vai...

Quando possui as cores amarela, parda ou avermelhada, provocadas por óxido de ferro, recebe o nome de quartzo-ferrífero. Muitas vezes ele forma cordões, ou filões de preenchimento de cor branca leitosa, em rochas distintas.
Entre as muitas variedades do quartzo, a mais abundante é o quartzo-incolor, muito conhecido pelos nomes de quartzo-hialino e cristal de rocha.

Jazidas: É encontrado em todo o mundo.
Cuidados com seu quartzo: Deve-se tomar o cuidado de removê-lo quando for praticar atividades que possam quebrá-lo.

Quartzo Verde: Cristais de quartzo verde, ou calcedonia, como é muito chamado, é uma variedade mais classica do quartzo, por ser a cor verde muito preeferida por muitos joalheiros e pessoas amentes de jóias, e por ser de um valor não muito alto e ser uma pedra bonita, este mineral é muito bem aceito no mercado.


Lápis-Lazúli

Bem, não se trata de um lápis azul, pura e simplesmente! De origem latina, o significado de lápis é pedra, e de lazúli, azul. Não uma pedra qualquer, mas uma gema que, depois de lapidada e polida, torna-se uma pedra preciosa, verdadeira "jóia", de um azul magnífico e brilho vítreo.
Assim como outras gemas, ela é mais opaca que brilhante. Sendo o resultado da combinação de diversos minerais, entre eles lazurita, sódio, alumínio e pirita é conhecida mais como rocha que como mineral, e é também bastante diferente de muitas outras gemas.
Arqueólogos registram o uso do lápis-lazúli já há 7000 anos. Nas tumbas egípcias, a pedra era usada não apenas em joalheria, mas também em outros objetos decorativos como caixas, escaravelhos e esculturas. Os egípcios antigos faziam também amuletos usando pedras. Outros achados sugerem o crescimento do uso do lápis-lazúli também em maquiagem, quando era usado em sombras para os olhos. Na Idade Média e na Renascença, o uso do lápis cresceu quando artistas o usavam para criar pinturas azuis brilhantes na arte de ambos os períodos.
Atualmente, a maioria do lápis-lazúli vem do Afeganistão e mineiros buscam encontrar pedras com azul profundo, vindas de depósitos de pirita, também conhecida como "ouro dos tolos". As melhores pedras podem ainda ser usadas em esculturas para porta-jóias ou como pedras para peças de joalheria. O lápis-lazúli é também o preferido entre os joalheiros profissionais e é freqüentemente avaliado em sua forma de conta. As próprias pedras se prestam bem a esculpir, embora exibam um odor até certo ponto desagradável. Aqueles que trabalham com lápis-lazúli devem fazer uso de roupas e máscaras apropriadas, a fim de se resguardarem de depósitos de sílica nos pulmões.
Na forma de contas, o lápis-lazúli está disponível em muitas variedades, sendo bastante razoável em preço. Entretanto, uma maior qualidade das gemas contribui para um preço mais alto. Pode ser encontrado na forma de fusos, cilindros, tubos facetados, lágrimas e lindas contas redondas. As pedras redondas vêm sendo usadas como contas de rosário há séculos.
Usado em anéis, o lápis-lazúli requer cuidados especiais. Na Escala de Mohs, apresenta dureza 5-6, apenas. Assim, o anel deverá ser "poupado", quando da realização de tarefas de limpeza doméstica.
O lápis-lazúli, na Antigüidade, era tido como o símbolo da verdade. Em certas crenças, era também considerado como um portal que conduzia ao mundo espiritual. No Catolicismo Romano, na maioria das pinturas em que figura a Virgem Maria, tanto na Idade Média quanto no Renascimento, o lápis-lazúli está presente. Assim, o lápis-lazúli sempre esteve associado ao misticismo e à pureza.

PRODUTOS RELACIONADOS

Produtos Relacionados

Comentários

DÚVIDAS? CLIQUE AQUI!