MINHA CONTA

Endereço de e-mail

Senha

Joias de Prata 925 e 950

Colar e Gargantilha de Prata 925 e 950

Colar de Prata 925 com Rubi Zoisite e Pérolas Naturais

Colar de Prata 925 com Rubi Zoisite e Pérolas Naturais

(001635)

Marca:  Preciosa  | 

Modelo:  Jóia de Prata 925 com Gemas Naturais

Espetacular Colar de Prata 925 com Rubi Zoisite e Pérolas Naturais

mais informações

Colar de Prata 925 com Rubi Zoisite e Pérolas Naturais

(001635)

Marca:  Preciosa  | 

Modelo:  Jóia de Prata 925 com Gemas Naturais

Espetacular Colar de Prata 925 com Rubi Zoisite e Pérolas Naturais

mais informações

As combinações acima não possuem estoque.

de: R$ 2.998,00

por: R$ 1.578,00

ou por 12x de R$ 158,43 com juros

ESTOQUE: 1

Quantidade

+

-

COMPRAR

Frete e prazo

Frete e prazo

calcular

Não sei meu cep

Descrição do Produto

DESCRIÇÃO:

Colar de Prata 925 com Rubi Zoisite e Pérolas Naturais

Nome da(s) Pedra(s): Rubi Zoisite e Pérolas Naturais
Cor da(s) Pedra(s): Verde, Preto e Creme Rosado
Corte da(s) Pedra(s): Fancy e Barroca
Peso da Jóia: 36,6 g, ou 182,98 CT. (peso total de prata + pedra)
Comprimento Total: 59,5 cm
Dimensões da(s) Pedra(s): 31,0 X 19,0 mm; Pérola: 6,0 a 7,0 mm
Clareza: Excelente
Brilho: Atrativo
Tratamento: Não Aquecido
Origem: Songea (África), China e África
Origem da Jóia: Thailândia
Metal: Prata 925
Quantidade: 01 peça

CURIOSIDADES:

Rubi Zoisite

O Rubi Zoisite, também conhecido como Aniolite, é a combinação natural de cristais de rubi e Zoisite em um único espécime. O Zoisite, parente mineral da Tanzanita, fornece uma cor de terra verde, enquanto rubi empresta destaques rosas e vermelhos. O Rubi Zoisite é geralmente lapidado em formato de cabochão ou entalhado em objetos decorativos.

O Rubi Zoisite foi descoberto pela primeira vez em 1954 na Tanzânia. O Aniolite é o nome derivado da palavra nativa "verde" na língua da tribo Masai.

O Rubi Zoisite tem uma dureza de 6,5 a 7 na escala de Mohs, e é, portanto, de dureza moderada. O Rubi Zoisite verde traz inclusões pretas e grandes, mas é na maior parte opaco. Cortados e polidos, os espécimes de Rubi Zoisite variam de cor, de acordo com a presença de rubi. A maioria das amostras apresenta três cores: verde, preto e vermelho.

Mesmo grandes espécimes de Rubi Zoisite são oferecidos a preços acessíveis.

Clareza: Devido à sua enorme quantidade de inclusões, a maioria dos espécimes de Rubi Zoisite é opaca.

Corte: Geralmente no formato cabochão, ou esculpidas em formas decorativas.
Localização e depósitos: O Rubi Zoisite, como a Tanzanita, só é encontrado na Tanzânia.
Gemologia:
Espécie: Zoisite
Cor: verde com inclusões negras e/ou vermelhas e opacas
Composição química: Ca2Al3 (SiO4) 3 (OH) de cálcio silicato de alumínio
Dureza: 6,5-7 (escala de Mohs)

Crenças: Como uma pedra preciosa menos conhecida e relativamente nova, Rubi Zoisite produz uma página em branco nos livros de mito, história, sabedoria, zodíaco ou na relação entre os planetas e da humanidade.
Mais recentemente, atribuiu-se a ele o poder de aumentar o vigor e ajudar a superar a preguiça. Acredita-se também que ajuda a ampliar o campo biomagnético em todo o corpo e a energizar a força da vida. Ele também estimula a criatividade e ajuda a pessoa a se concentrar em seus objetivos verdadeiros.
Estimula o Chakra da Coroa, a criação de um estado alterado de consciência que pode ser de benefício ao entrar em um estado de transe e de regressão a vidas passadas.
Acredita-se também que pode aumentar a fertilidade e ajudar com doenças do sistema reprodutor, particularmente os testículos e ovários.

Pérolas

Sobre Pérolas

A origem da palavra pérola vem do latim e seu significado talvez venha de um molusco "perna" ou devido a sua forma esférica "sphaerula". As pérolas são produzidas por moluscos e seu tamanho varia do de uma cabeça de alfinete e o de um ovo de pomba. A maior pérola encontrada pesa 450 quilates. A pérola se origina de uma reação do molusco a corpos estranhos que penetram no seu interior.
Certos moluscos bivalves (duas conchas), como alguns mexilhões e ostras, criam pérolas como uma reação a um agente irritante que se alojou dentro da concha. Na natureza, essa irritação pode ser microscópica, como um parasita, ou um grão de areia. O molusco segrega nácar, o mesmo material usado na parte interna da concha, e, ao longo do tempo, o nácar vai envolvendo o intruso, criando a pérola. Pérolas naturais podem não ser, necessariamente, perfeitamente redondas. Quanto mais tempo o molusco trabalha para criar a pérola, maiores as chances de a pérola ser deformada ou oca. Tanto os moluscos de água salgada quanto os de água doce produzem pérolas.
Propriedades: Tem o poder de atrair amor, sorte, saúde e dinheiro. Considerada a mais sensível das pedras, por ser gerada a partir de um ser vivo.

Pérolas de cultura

As pérolas cultivadas não são uma imitação, mas sim uma forma do homem colaborar para sua formação natural. A produção das pérolas cultivadas é causada pela introdução de corpos estranhos nos moluscos.
Quando os técnicos introduzem um irritador em um molusco, ele se protege com nácar, como de costume, e o resultado é uma pérola "real". No entanto, o irritador é muito maior que um grão de areia ou um parasita. Moluscos de água salgada são semeados com uma lasca pequena de madrepérola (material do interior da concha), mais um pedacinho de seu próprio tecido, o que leva à produção da pérola imediatamente. Pérolas de água salgada cultivadas, portanto, começam maiores, têm um centro não-nácar, são uniformemente arredondadas e estão prontas para a colheita mais cedo do que uma pérola natural.

Jazidas: As pérolas de melhor qualidade encontram-se no Golfo Pérsico (pérola do oriente). Existe também extração na Índia e Sri Lanka, na Austrália e na América Central. As pérolas cultivadas são produzidas em larga escala no Japão.

Cuidados com a pérola: As pérolas têm que ser armazenadas separadamente das outras peças, envolvidas em tecido. Limpe-as com um pano úmido e evite produtos químicos da casa, produtos para os cabelos, cosméticos e perfumes, pois tiram o brilho das pérolas.

PRODUTOS RELACIONADOS

Produtos Relacionados

Comentários