MINHA CONTA

Endereço de e-mail

Senha

Imagem 1
Imagem 2
Imagem 3

Joias de Prata 925 e 950

Colar e Gargantilha de Prata 925 e 950

Colar Indiano de Prata 925 com Multigemas Naturais

Colar Indiano de Prata 925 com Multigemas Naturais

(001455)

Marca:  Preciosa  | 

Modelo:  Jóia de Prata 925 com Gemas Naturais

Espetacular Colar Indiano de Prata 925 com Amonite Fóssil, Topázios Smokey, Topázio Conhaque e Opala Naturais

mais informações

Colar Indiano de Prata 925 com Multigemas Naturais

(001455)

Marca:  Preciosa  | 

Modelo:  Jóia de Prata 925 com Gemas Naturais

Espetacular Colar Indiano de Prata 925 com Amonite Fóssil, Topázios Smokey, Topázio Conhaque e Opala Naturais

mais informações

As combinações acima não possuem estoque.

Produto temporariamente indisponível

Descrição do Produto

DESCRIÇÃO:

Colar Indiano de Prata 925 com Amonite Fóssil, Topázios Smokey, Topázio Conhaque e Opala Naturais

Nome da(s) Pedra(s): Amonite Fóssil, Topázios Smokey, Topázios Conhaque e Opalas Naturais
Cor da(s) Pedra(s): Marrom, Preto, Cinza Smokey, Amarelo e Colorido Arco-Íris
Corte da(s) Pedra(s): Fancy Cabochão, Oval Facetada, Pêra Facetada, Octagonal Facetada, Oval Cabochão, Pêra Cabochão e Baguete Cabochão
Peso da Jóia: 76,2 g (peso total de prata + pedra)
Comprimento Total: 35,5 cm a 45,5 cm
Dimensões da(s) Pedra(s): 19,0 X 25,0 mm, 17,0 X 24,0 mm, 16,0 X 21,0 mm, 9,0 X 13,0 mm, 8,0 X 12,0 mm, 10,0 X 12,0 mm, 10,0 X 14,0 mm, 8,0 X 12,0 mm, 12,0 X 16,0 mm, 8,0 X 12,0 a 8,0 X 13,0 mm, 6,0 X 11,0 mm e 7,0 X 12,0 mm
Peso Aproximado da(s) Pedra(s): 186,0 Cts
Clareza: Excelente e IF a VVS
Brilho: Encantador
Tratamento: Sem Tratamento
Origem da(s) Pedra(s): Brasil, EUA e Austrália
Origem da Jóia: Índia
Metal: Prata 925
Quantidade: 01 peça

CURIOSIDADES:

Topázio

O topázio está entre as gemas mais tradicionais e de uso mais antigo. Pode ser encontrado em muitas cores ? amarelo, rosa, azul, incolor, vermelho -, mas, por ser a amarela a mais valiosa, muitos pensam ser sempre esta sua cor.
A variedade amarela-alaranjada, comercialmente conhecida como topázio imperial, é particularmente importante para os brasileiros, pois nosso país é o único que a produz. Ele é extraído apenas em Minas Gerais e somente no município de Ouro Preto. Trata-se, pois, de uma gema de ocorrência muito restrita
O citrino, uma variedade de quartzo de cor semelhante à do topázio imperial, mas de menor valor, é freqüentemente vendido como se fosse esta gema. Estima-se que 80% da s pedras que são vendidas como topázios são, na verdade, citrinos. Isso explica o grande número de nomes comerciais enganadores dados ao quartzo amarelo: topázio da Boêmia, topázio de Salamanca, topázio Escocês, Topázio Hinjosa, topázio Madagascar, etc. No Brasil, já foram muito usados os nomes topázio Rio Grande, topázio Bahia e topázio Palmeira, dos quais o primeiro pelo menos foi praticamente abandonado no Rio Grande do Sul, seu principal produtor.
Esses nomes podem enganar o consumidor duplamente: primeiro por ser tratar de citrino e não de topázio; segundo porque muitas vezes a cor desse citrino foi obtida artificialmente, por tratamento térmico de ametista.
O quartzo amarelo assim obtido é muito apreciado e responde por boa parcela das exportações de gemas gaúchas. Mas, não se trata de nenhuma fraude, desde que ele seja vendido pelo que é, ou seja, citrino, e não topázio. Mas, como distinguir citrino de topázio imperial?
Se forem gemas brutas, a distinção não é difícil, bastando verificar a dureza (maior no topázio), clivagem (ausente no citrino) e morfologia dos cristais, por exemplo. Mas, se forem lapidadas, fica bem mais difícil e é preciso recorrer a equipamento gemológico que permita determinar propriedades como o índice de refração e a densidade (ambos mais altos no topázio).
A água-marinha e o topázio azul também podem ser confundidos. Mas, neste caso o topázio é que é a gema menos valiosa e são raros os nomes enganadores, tipo água-marinha Nerchinsk (topázio azul).
Normalmente pensa-se no Topázio como amarelo dourado, transparente. No entanto, ele pode ainda ser amarelo-laranja, vermelho, cor de mel, cereja escuro, verde claro, azul e rosa. O nome Topázio deriva da palavra Grega (Bllhar) e também se aplica à palavra fogo. O Topázio Imperial e os Rosas são os mais valiosos.

Jazidas: O Topázio encontra-se no Brasil, na Nigéria e no Sri Lanka

Cuidados com seu Topázio: Recomenda-se tirar o Topázio para atividades que possam desgastar, riscar ou quebrar a pedra.

Propriedades: Proteção, melhora a circulação, afasta a ira, ajuda a regenerar os tecidos, representa a energia.Intensifica e transforma os pensamentos e sentimentos mais subjetivos em forma concreta. Rejuvenesce o corpo elétrico e o alinha com o corpo físico.

Amonita

Amonita ou Amonite é um termo zoológico ou paleontológico, que se refere a qualquer membro da Ammonoidea, uma extinta subclasse de moluscos marinhos, ou seja, são uma espécie de Nautilus.
Amonites são talvez os fósseis mais conhecidos, possuindo normalmente nervuras Shell em forma de espiral. Essas criaturas viveram nos mares entre 240-65.000.000 anos atrás, quando se tornaram extintas junto com os dinossauros. O nome "amonita" (geralmente minúsculas) origina-se do nome do deus grego Amon. Amonitas pertenciam a um grupo de predadores conhecidos como cefalópodes, que inclui, entre seus parentes vivos, o polvo, as lulas, chocos e nautilus.

Opala

As opalas são pedras conhecidas pela sua grande variedade de cores na mesma pedra. Seu jogo de cores varia segundo o ângulo em que se olha. Há tempos atrás, estas cores eram explicadas como sendo uma refração da luz sobre lâminas muito finas. Hoje sabemos que são minúsculas esferas do cristal cristobalita inclusas em uma massa de sílica.
O nome OPALA é de origem sânscrita "upala" que quer dizer pedra preciosa.
Opalas de elevada qualidade chegam a ser mais valiosas que os diamantes, podendo chegar a U$ 20.000 por quilate.
A opala é a pedra preciosa pedra oficial do mês de outubro aprovada pela American National Association of Jewelers em 1912. Também é a pedra de nascimento do signo de Libra.

Jazidas: Até o inicio deste século, as opalas mais nobres provinham da extremidade oriental da Tcheco-Eslováquia. Logo depois foram encontradas jazidas australianas de boa qualidade. Existem jazidas também no Brasil, Guatemala, Honduras, Japão e EUA. Acredita-se que as opalas demoram aproximadamente 60 milhões de anos para se formar.

Cuidados com a sua opala: A opala é uma pedra que sempre contém um pouco de água em sua composição. Sua proporção varia de muito pouco a 30% de água. Com o tempo, a pedra pode perder sua água e ficar com fissuras e diminuir sua opalescência. Embebendo a pedra em azeite ou água, as fissuras desaparecem, ainda que temporariamente. Para impedir seu envelhecimento e incrementar seu jogo de cores, é aconselhável guardá-la em algodão úmido. É uma pedra muito sensível também à pressão e golpes, assim como ácidos e álcalis. Mantenha-a sempre longe de mudanças bruscas de temperatura e produtos de limpeza.

Propriedades: Auxilia no crescimento das crianças. É a gema de Deus, do Amor, Fé e Criatividade. Contém água, fogo e éter. Deveria ser usada num cordão de ouro ou anel de ouro.

PRODUTOS RELACIONADOS

Produtos Relacionados

Comentários

DÚVIDAS? CLIQUE AQUI!