MINHA CONTA

Endereço de e-mail

Senha

Colar Indiano detalhes Prata e Multigemas Naturais Imagem 1 Colar Indiano detalhes Prata e Multigemas Naturais Imagem 2 Colar Indiano detalhes Prata e Multigemas Naturais Imagem 3 Colar Indiano detalhes Prata e Multigemas Naturais Imagem 4 Colar Indiano detalhes Prata e Multigemas Naturais Imagem 5 Colar Indiano detalhes Prata e Multigemas Naturais Imagem 6 Colar Indiano detalhes Prata e Multigemas Naturais Imagem 7 Colar Indiano detalhes Prata e Multigemas Naturais Imagem 8
Imagem 1
Imagem 2
Imagem 3
Imagem 4
Imagem 5
Imagem 6
Imagem 7
Imagem 8

Joias de Prata 925 e 950

Colar e Gargantilha de Prata 925 e 950

Colar Indiano detalhes Prata e Multigemas Naturais

Colar Indiano detalhes Prata e Multigemas Naturais

(000182)

Marca:  Preciosa  | 

Modelo:  Joias de Prata com Gemas Naturais

Colar Feminino em Prata Indiana com Gemas Naturais Granadas , Aventurinas, Quartzo (Lemon e Fumê) e Ágata (Carmelian)

mais informações

Colar Indiano detalhes Prata e Multigemas Naturais

(000182)

Marca:  Preciosa  | 

Modelo:  Joias de Prata com Gemas Naturais

Colar Feminino em Prata Indiana com Gemas Naturais Granadas , Aventurinas, Quartzo (Lemon e Fumê) e Ágata (Carmelian)

mais informações

As combinações acima não possuem estoque.

Produto temporariamente indisponível

Frete Grátis

Descrição do Produto

DESCRIÇÃO:

Colar de Prata Maciça de pureza 925 com Granadas , Aventurinas, Quartzo (Lemon e Fumê) e Ágata (Carmelian) Naturais

Nome da Pedra: Granadas , Aventurinas, Quartzo (Lemon e Fumê) e Ágata (Carmelian) Naturais
Cor da Pedra: Verde, Cinza, Laranja, Vermelho e Amarelo.
Metal: Prata 925
Peso da jóia: 44 g ou 217,93 cts
Comprimento da Jóia: 49 cm

CURIOSIDADES:

Granada:

As granadas, assim como as turmalinas, são um grupo de gemas que compreende várias espécies, e não uma única espécie com diversas variedades, como é o caso do quartzo. Indica um grupo de minerais silicatos, de propriedades semelhantes, mas de composição química diferentes.
Quando se fala de granada, em Gemologia, não se está designando uma espécie mineral, mas sim um grupo de minerais que possuem várias características semelhantes.
Usualmente, associa-se as granadas à cor vermelha, mas elas podem ter várias outras cores, incluindo o incolor, exceto na cor azul. Não apresentam clivagem o que, aliado ao fato de serem do sistema cúbico, facilita bastante sua lapidação, pois não há necessidade de se orientar o cristal para lapidá-lo.
Esses minerais são silicatos que cristalizam no sistema cúbico, exibindo muito freqüentemente cristais granulares (daí seu nome), bem formados, com todas as faces (cristais euédricos). Podem ser, por exemplo, dodecaedros, que têm doze faces. Eles não costumam ser grandes, mas achou-se na Noruega um cristal de granada de 2,30 m de diâmetro e 37,5 t, o maior de que se tem notícia.
As granadas são transparentes a semitransparentes ou opacas, de brilho vítreo e resinoso, graxo ou adamantino. A dureza varia de 6,5 a 7,5 e a densidade, de 3,50 a 4,20. Traço branco, fratura concóide, quebradiça, irregular. A granada pode ocorrer também em massas granulares compacta
É uma gema que pode ter várias cores, à exceção do azul. O nome granada não designa uma gema, mas um grupo de gemas. As granadas mais importantes como pedras preciosas são piropo (a mais valiosa), rodolita, tsavorita, almandina, espessartina, grossulária, hessonita e andradita. Conforme a espécie, pode-se ter uma granada incolor, vermelha (a mais comum), amarela, marrom, preta e até verde (chamadas demantóide e tsavorita). As espécies mais comuns são almandina (a mais usada como gema), grossulária, spessartita, andradita, piropo e uvarovita. Elas possuem diversas variedades, como rodolita, hessonita, tsavorita e topazolita, por exemplo.
Os tons rubros vão desde o framboesa até o vermelho cor de sangue.
Os tons de verde são equivalentes aos das esmeraldas, existindo ainda granadas em tonalidades de amarelo, laranja e castanho.
Os variados aspectos das granadas possibilitam uma utilização adequada a todos os gostos e é acessível a todos os bolsos.
Os piropos maiores têm até dois quilates, podendo ter um vermelho bonito. As almandinas vão do laranja-averrnelhado ao vermelho. Já a rodolita tem cor vermelho-arroxeada ou roxo-averrnelhada, algumas vezes rosa ou vermelho-púrpura. Raramente tem mais de cinco quilates. Muitas gemas, vendidas como rodolita são, na verdade almandina ou piropo. Outras granadas são as andraditas, que podem ser verdes, amarelas, marrons ou pretas. A granada mais valiosa é a tsavorita, que possui um verde esmeralda profundo. Existem ainda outras granadas, que têm cores que vão do amarelo ao rosa.
A mais valiosa dessas espécies é, para alguns, o piropo, de cor vermelha bem viva. Walter Schumann, porém, considera o demantóide, uma variedade de andradita, a granada de maior valor. A propósito, é bom lembrar que a andradita tem esse nome em homenagem a um brasileiro, José Bonifácio de Andrade e Silva ? o Patriarca da Independência (que além de político, foi um grande mineralogista e descobridor de vários minerais).

Jazidas: Os principais centros de extração de granadas são a África do Sul, o Sri Lanka, Madagáscar, Brasil, Índia e Austrália.

Cuidados com a sua Granada: Tal como para as restantes gemas, temos que as proteger de riscos e de temperaturas elevadas.

Propriedades: Clarividência, orgulho, sucesso, autoconfiança, força e vitória. Liga ao coração e sexualidade.

Aventurine

O Aventurine (ou Aventurina) é uma variedade de quartzo que contém fragmentos brilhantes (geralmente mica), e pode ser cortado e polido como pedra preciosa. É mais comumente encontrado na forma de grânulos de pedra verde entre desde um esverdeado pálido a um verde médio. Freqüentemente, esses grânulos são tratados com óleo para dar à pedra um tom mais escuro do que seria naturalmente. O Aventurine também pode ter outras cores, mas a cor mais comum é o verde.

Quartzos

Quartzo é um mineral formador de rochas, pois se encontra em quase todos os tipos de rochas; é também uma pedra ornamental e uma gema.
Por causa de suas propriedades, ele é dificilmente atacável, seja por via mecânica, seja por via química. Por esse motivo, é o mineral mais abundante na terra. O nome quartzo tem se mantido em sua forma primitiva, não tendo sofrido qualquer alteração posterior.
Quando componente principal das rochas, ele se apresenta na forma de quartzo cristalizado, vítreo, incolor e transparente, ou como quartzo-comum, opaco, quartzo-leitoso ou quartzo-filoniano. As variedades coloridas são pedras ornamentais muito apreciadas.
Brilho vítreo, traço branco, fraturas concóides e estilhaçáveis, não exibe clivagem e é muito estável, sendo atacado somente pelo ácido fluorídrico. As formas trigonais bem cristalizadas apresentam, usualmente, prismas hexagonais e faces romboédricas nas extremidades.
Além de seu emprego em jóias, o quartzo é muito usado pelos terapeutas que empregam cristais. Importante como matéria-prima na indústria eletrônica, como abrasivo, nas indústrias de vidro e cerâmica.
É utilizado também no campo da medicina para a obtenção de ultra-sons (por causa de suas propriedades piezelétricas) e para o controle de emissores e relógios. Os vidros de alta qualidade são chamados de cristal, o que vem aumentar ainda mais a confusão de nomes envolvendo o quartzo... Copos de cristal, lustres de cristal, entre outros, são feitos de vidro, que não é matéria cristalina. Por isso, quando se fala de quartzo-incolor, deve-se usar o nome correto, cristal de rocha, e não apenas cristal...
Um elemento importante para o reconhecimento do quartzo são as estrias sobre as faces prismáticas. Encontra-se em geados, filões, cavidades e drusas.
No Cazaquistão, por exemplo, foi encontrado um cristal, em 1958, com a altura de uma casa de dois andares, pesando 70 toneladas. As drusas, agregados de cristais desenvolvidos sobre uma base plana, podem conter, no caso do quartzo-incolor, milhares de cristais, totalizando centenas de quilogramas. A maior já encontrada tinha 784 kg!

Fórmula: Si O2 (anidrido silício, denominado sílica). D: 7. DR.: 2,65.

Localidades: O Brasil é o maior produtor mundial de quartzo, com jazidas principalmente em Minas Gerais, Goiás e Bahia, particularmente na região do Planalto Central, próximo ao Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros. Também é encontrado na Espanha, Alemanha, Alpes, Urais, República de Madagáscar.

Analogias: Energia: projetiva, receptiva. Planeta: Sol, Lua. Signo Leão. Elemento: fogo, água. Chakra: coronário, todos. Tarô: O Mago.

Para aqueles que gostam: Significado Esotérico

A pura luz branca emitida através dele, por conter todas as cores, possui qualidades regeneradoras e energizantes. É fonte de força cósmica, ideal para sessões de cura. Possui uma aura radiante, muito forte, indicada para harmonizar o ambiente. É o cristal da sabedoria, do misticismo e da clarividência, usado como um amplificador poderoso. Dá proteção contra todos os tipos de radiação. É extremamente eficiente em radiodifusão e armazenamento de formas-pensamentos.
O cristal de quartzo, o mais comum de todos os cristais, costuma ser colocado no alto da cabeça, no chakra da coroa, e diz-se que ele estimula a glândula pineal, sensível à luz, e ativa a consciência superior. Objetivo: cura, psiquismo, poder, equilibra as emoções, excelente para a meditação, desfaz negatividade no campo energético da pessoa e do ambiente.
É a pedra da vitória, auxilia vencer a ansiedade e ajuda a percepção intuitiva. Proporciona um equilíbrio emocional, físico e mental. É uma pedra universal que reflete todas as cores do arco-íris. É a pedra vocacional, anti-dispersiva, é muito usada por bruxos preguiçosos. Ela deve ser guardada num saquinho de couro com ramos secos de arruda, avenca, hera e um pouquinho de tabaco.

O cristal-de-rocha é o mais comum de todos os cristais. Pedernal (pederneira) é o quartzo comum, arredondado pelo transporte em águas dos rios...
Como vimos, cristal é um termo genérico. Diz-se de todos os minerais que têm a forma cristalina, ou seja já nasce como cristal, como o quartzo que é um cristal!
O quartzo-puro é conhecido como ?cristal-de-rocha? ou simplesmente quartzo.
O quartzo-violeta é conhecido como ?ametista?.
O quartzo-amarelo é conhecido como ?citrino?.
O quartzo-rosa é conhecido como ?quartzo-rosa?.
O quartzo-verde é conhecido como ?aventurina? e por aí vai...

Quando possui as cores amarela, parda ou avermelhada, provocadas por óxido de ferro, recebe o nome de quartzo-ferrífero. Muitas vezes ele forma cordões, ou filões de preenchimento de cor branca leitosa, em rochas distintas.
Entre as muitas variedades do quartzo, a mais abundante é o quartzo-incolor, muito conhecido pelos nomes de quartzo-hialino e cristal de rocha.

Jazidas: É encontrado em todo o mundo.
Cuidados com seu quartzo: Deve-se tomar o cuidado de removê-lo quando for praticar atividades que possam quebrá-lo.

Quartzo Verde: Cristais de quartzo verde, ou calcedonia, como é muito chamado, é uma variedade mais classica do quartzo, por ser a cor verde muito preeferida por muitos joalheiros e pessoas amentes de jóias, e por ser de um valor não muito alto e ser uma pedra bonita, este mineral é muito bem aceito no mercado.

Ágata

Ágata é uma subvariedade de calcedônia, ou seja, é um tipo de quartzo. Caracteriza-se pela variedade de cores, geralmente dispostas em faixas paralelas.
O nome Ágata deriva de ?Achates?, que, por sua vez, deriva do nome do rio Achates, agora Drillo, na Sicília, onde foi encontrada pela primeira vez. É a pedra mais criativa da família dos quartzos, e pode ser encontrada em vários tons de cores e texturas. É, na verdade, um conjunto de várias formas de sílica, principalmente calcedônia. A ágata foi muito valorizada nos tempos antigos, por ser usada como talismã ou amuletos. Existem muitas variedades de Ágatas. A Alemanha era a maior produtora de Ágata até o Século XIX. Hoje suas jazidas estão esgotadas. O Brasil é um dos maiores produtores de Ágata atualmente.
É composta por grãos finos e fibrosos de calcedônia com bandas coloridas ou turvação irregular. É encontrada em camadas concêntricas em uma ampla variedade de cores e texturas em várias cores e formas, que variam de transparente para opaco, e dispõe de variedades de intrincados padrões como: azul, verde, indiana, Kentucky, musgo etc. Nos tempos antigos, à Ágata foi dado de alto valor como talismã ou amuleto. Dizia-se que servia para matar a sede e proteger da febre. Acreditava-se que a Ágata tornava o usuário invisível, e, devido à sua resistência e durabilidade, é usada para fazer ornamentos ou para fins astrológicos. Por ser uma pedra de resfriamento, acredita-se que a Ágata serve para curar a insônia, proteger contra o perigo, promove a força e a cura e garante uma vida saudável.
Segundo o Islamismo, as ágatas são pedras muito preciosas. De acordo com a tradição, acredita-se que o portador de um anel de ágata, por exemplo, está protegido contra vários infortúnios e gozará de longa vida, entre outros benefícios. Em outras tradições crê-se que a ágata cura as picadas do escorpião e as mordidas de serpente, acalma a mente, previne doenças e contágios, pára a trovoada, promove a eloqüência, assegura os favores dos poderosos e traz a vitória sobre os inimigos. Os magos Persas também apreciavam os anéis de ágata no seu trabalho e nas suas crenças.

Jazidas: Sul do Brasil e Norte do Uruguai

Propriedades: Vitalidade, eloqüência, coragem, está ligada a terra; ajuda no equilíbrio físico e mental, melhorando a autoconfiança. Aperfeiçoa o ego e auto-estima, fortalece o coração, ilumina a mente, atrai heranças. Protege contra roubos, afasta tempestades e ajuda nos partos.

PRODUTOS RELACIONADOS

Produtos Relacionados

Comentários

DÚVIDAS? CLIQUE AQUI!