MINHA CONTA

Endereço de e-mail

Senha

Joias de Ouro Plated 14K em Prata 925

Colar e Gargantilha de Ouro 14K em Prata 925

Colar de Ouro 14k Plated (Prata 925) com Granadas Tsavoritas e Tanzanitas

Colar de Ouro 14k Plated (Prata 925) com Granadas Tsavoritas e Tanzanitas

(001187)

Marca:  Preciosa  | 

Modelo:  Jóia de Ouro 14K Plated em Prata 925 com Gemas Naturais

Colar de Ouro Amarelo 14 k Plated (Prata 925) com Granadas Tsavoritas e Tanzanitas Naturais Lapidação Diamante

mais informações

Colar de Ouro 14k Plated (Prata 925) com Granadas Tsavoritas e Tanzanitas

(001187)

Marca:  Preciosa  | 

Modelo:  Jóia de Ouro 14K Plated em Prata 925 com Gemas Naturais

Colar de Ouro Amarelo 14 k Plated (Prata 925) com Granadas Tsavoritas e Tanzanitas Naturais Lapidação Diamante

mais informações

As combinações acima não possuem estoque.

de: R$ 679,00

por: R$ 339,00

ou por 11x de R$ 36,62 com juros

ESTOQUE: 1

Quantidade

+

-

COMPRAR

Ver outras formas de pagamento e parcelamento

Frete e prazo

Frete e prazo

calcular

Não sei meu cep

Descrição do Produto

DESCRIÇÃO:

Colar de Ouro Amarelo 14 k Plated (Prata 925) com Granadas Tsavoritas e Tanzanitas Naturais Lapidação Diamante

Nome da(s) Pedra(s): Granada Tsavorita e Tanzanita Naturais
Cor da(s) Pedra(s): Verde e Violeta
Corte da(s) Pedra(s): Oval Facetada e Redonda Diamante
Peso da Jóia: 5,1g, ou 25,52 CT. (peso total de prata + pedra)
Comprimento Total: 43,0 cm
Pingente: 29,0 X 18,0 mm
Dimensões da(s) Pedra(s): 1,4 mm a 4,0 X 3,0 mm
Clareza: IF a VVS e Excelente
Brilho: Sedutor
Tratamento: Não Aquecido
Origem: Quênia (África) e Tanzânia (África)
Origem da Jóia: Thailândia
Metal: Ouro Amarelo 14 k Plated em Prata 925
Quantidade: 01 peça

CURIOSIDADES:

Granada:

É uma gema que pode ter várias cores, à exceção do azul. O nome granada não designa uma gema, mas um grupo de gemas. As granadas mais importantes como pedras preciosas são piropo (a mais valiosa), rodolita, tsavorita, almandina, espessartina, grossulária, hessonita e andradita. Conforme a espécie, pode-se ter uma granada incolor, vermelha (a mais comum), amarela, marrom, preta e até verde (chamadas demantóide e tsavorita).
Os tons rubros vão desde o framboesa até o vermelho cor de sangue.
Os tons de verde são equivalentes aos das esmeraldas, existindo ainda granadas em tonalidades de amarelo, laranja e castanho.
Os variados aspectos das granadas possibilitam uma utilização adequada a todos os gostos e é acessível a todos os bolsos.
Jazidas: Os principais centros de extração de granadas são a África do Sul, o Sri Lanka, Madagáscar, Brasil, Índia e Austrália.
Cuidados com a sua Granada: Tal como para as restantes gemas, temos que as proteger de riscos e de temperaturas elevadas.

Granada Tsavorita

A Tsavorita é um tipo raro de granada que só foi descoberto em 1967 na África Oriental. O nome é derivado do Tsavo National Park, no Quênia, lugar de sua descoberta.
É na verdade uma variedade de granada grossularite, que é um silicato de alumínio de cálcio.
A Tsavorita é colorida por traços de cromo ou vanádio, dando-lhe que como distintivo sua cor verde esmeralda. Sua cor viva e sua extrema raridade causaram muita comoção no mundo gemológio.
Tsavoritas grandes são extremamente raras, e muito mais raras do que as grandes esmeraldas. Também são mais brilhantes, devido a um alto índice de refração. A tsavorita também é uma pedra preciosa mais durável.
Mineiros estimam que 85% do material extraído em pedras rende menos de 1 quilate. Até o momento depósitos tsavorita só foram encontrados no Quênia e Tanzânia, na África Oriental, e, mais recentemente (1991) em Madagascar.

Tanzanita:

Tanzanite (Portugal) ou Tanzanita (Brasil) é uma variedade do mineral zoisite descoberta nos Montes Meralani no norte da Tanzânia em 1967, próximo de Arusha, afirma-se que por um natural de Goa de nome Manuel de Sousa. Desde então, a gema conheceu uma onda de popularidade, nomeadamente nos EUA, onde a Tiffany & Co. teve um papel fundamental tanto no seu batismo, como na sua apresentação ao mercado e subseqüente promoção.
Trata-se de uma gema popular e valiosa, sobretudo por sua cor e raridade. Digno de realce é o forte tricroísmo que apresenta (azul safira, violeta e verde, dependendo da orientação do cristal). No entanto, a maior parte da tanzanita recebe tratamento térmico artificial para melhorar a sua cor, o que reduz significativamente esse tricroísmo.
Tem cor azul-safira devido ao vanádio (tem 0,02%V). É transparente, tem dureza 6,5 a 7,5 na escala de Mohs, índice de refração 1,690 a 1,700 e birrefringência 0,010. A Tanzânia é ainda a única fonte conhecida e lá existem também zoisitas de outras cores que, aquecidas a 380 °C, ficam azul-safira com reflexos roxos.
 

PRODUTOS RELACIONADOS

Produtos Relacionados

Comentários