MINHA CONTA

Endereço de e-mail

Senha

Imagem 1
Imagem 2
Imagem 3
Imagem 4
Imagem 5

Joias de Prata 925 e 950

Conjunto de Prata 925 e 950

Conjunto Prata Tibetana e Jades Pretas Naturais

Conjunto Prata Tibetana e Jades Pretas Naturais

(000186)

Marca:  Preciosa  | 

Modelo:  Jóias de Prata Tibetana e Gemas Naturais

Conjunto Feminino Colar, Bracelete, Brincos de Prata Tibetana com Jades Pretas Naturais

mais informações

Conjunto Prata Tibetana e Jades Pretas Naturais

(000186)

Marca:  Preciosa  | 

Modelo:  Jóias de Prata Tibetana e Gemas Naturais

Conjunto Feminino Colar, Bracelete, Brincos de Prata Tibetana com Jades Pretas Naturais

mais informações

As combinações acima não possuem estoque.

Produto temporariamente indisponível

Descrição do Produto

Conjunto Feminino de Prata Tibetana com Jades Pretas Naturais

Medidas

- Colar : 51 cm comprimento (4 cm largura máx.).
- Bracelete : 24cm (2,5 cm largura máx).
- Brincos : 6 cm.

- Pedras Maiores : 12 mm.
- Pedras Médias : 10 mm.
- Pedras Menores : 6 mm.

Peso

- Colar : 53,3 gr.
- Bracelete : 42,3 gr.
- Brincos : 10 gr.


CURIOSIDADES:

Jade

Jade (do francês jade; em espanhol piedra de la ijada, "pedra do flanco") é uma pedra ornamental muito dura e compacta, variando, na cor, de esbranquiçada a verde-escura. Designa a associação de dois minerais, a forma em nefrita da actinolite e um mineral chamado jadeíta. É geralmente empregada em objetos de adorno, em estatuetas etc.
Jade é um nome que era aplicado às pedras ornamentais que eram trazidas à Europa da China e da América central. Somente em 1863 se percebeu que o termo "jade" estava sendo aplicado a dois minerais diferentes. A jadeíta quase nunca é encontrada em cristais individuais e é composta dos cristais bloqueando microscópicos que produzem um material muito resistente. Nefrita é realmente um não mineral, mas uma variedade da actinolita mineral. A variedade de nefrita é composta de cristais fibrosos entrelaçados em uma massa compacta resistente. Outras variedades de actinolita são completamente diferentes da nefrita.
Do verde escuro ao verde claro, com uma textura leitosa, de amarelo leve, a um tom cor-de-rosa claro, o Jade passa por vários tons. O jade pode ser trabalhado de diversas maneiras, estimulando a criatividade nas criações de jóias atuais. Esta pedra versátil torna-se alvo de infinitas opções, de moderno a clássico; geométrica ou sombra de elegância e sofisticação. Com estes dados em mãos, podemos lançar uma nova tendência, usando o seu poder mágico e misterioso, fazendo novas interpretações dentro da moda atual.
A dureza do jade é notável. Tem uma resistência maior do que o aço e era utilizado por muitas civilizações adiantadas para machados, facas e armas. Posteriormente, o jade se transformou em uma pedra simbólica usada nos ornamentos e em artefatos religiosos.
O jade é valioso ainda hoje por sua beleza. Suas muitas cores são apreciadas, mas a cor verde-esmeralda que a jadeíta produz está sendo altamente procurada por colecionadores e ourives para produção de jóias. Este jade verde-esmeralda, chamado "jade imperial", é colorido pelo cromo. Outras cores são influenciadas pelo ferro (verde e marrom) e o manganês é pensado para produzir as cores violetas. A nefrita é geralmente branca, verde e creme, enquanto a jadeíta possui uma escala maior de cores.
O Jade era considerada pedra sagrada na China antiga e na civilização maia, e era uma referência às propriedades curativas que o jade exerceria sobre os rins. É a pedra mais apreciada no oriente. Esta pedra é usada há mais de 2000 anos e fazia parte integral da civilização chinesa, com seus rituais, seus mistérios, suas práticas e seus poderes de cura. O jade em pó era usado para dores de estômago. Faixas pequenas de jade asseguravam a imortalidade a quem as usava.
Do outro lado do mundo, na América, os Maias sentiam a mesma fascinação pela misteriosa pedra. Esculpiam símbolos eternos, como os chineses. Menos sofisticado que o trabalho dos mestres orientais, podemos admirar esses trabalhos em museus, que têm uma grande força expressiva, mesmo sendo esculpidos com ferramentas rudimentares. Já na Nova Zelândia, o jade era usado para fazer ferramentas tais como ganchos, machados, etc. Finalmente, objetos esplêndidos em jade vêm dos impérios da índia, como demonstrado em objetos, acessórios e jóias no Museu de Topkapi.
Foi Fontenay que primeiro usou o jade na Europa, em 1867, durante a Exposição Universal de Paris. Seu exemplo imediatamente foi seguido por outros joalheiros de prestígio. Cartier, Boucheron, Mauboussin e Fouquet usam jade em suas criações, todos em formas simples, tal como cubos, esferas, dragões e objetos decorativos.

Propriedades: Pedra de alta proteção. Ajuda a pessoa a libertar-se de pensamentos e energias negativas. Boa para o coração, no sentido físico e espiritual. Em suas propriedades também inclui proteção contra relâmpago. Pedaços de jade em ideogramas e estatuetas representavam o sol, céu, Terra e cosmos.

PRODUTOS RELACIONADOS

Produtos Relacionados

Comentários

DÚVIDAS? CLIQUE AQUI!