MINHA CONTA

Endereço de e-mail

Senha

>
POR: 249,20

ou 12x de R$ 25,02 com juros

COMPRAR
Imagem 1
Imagem 2

Pedras Preciosas e Gemas Naturais

Turmalina

Lote de Turmalinas com Formação de Lepidolita

Lote de Turmalinas com Formação de Lepidolita

(000651)

Marca:  Preciosa  | 

Modelo:  Gemas Naturais

Lindo Lote de Turmalinas com Formação de Lepidolita

mais informações

Lote de Turmalinas com Formação de Lepidolita

(000651)

Marca:  Preciosa  | 

Modelo:  Gemas Naturais

Lindo Lote de Turmalinas com Formação de Lepidolita

mais informações

As combinações acima não possuem estoque.

por: R$ 249,20

ou por 12x de R$ 25,02 com juros

ESTOQUE: 1

Quantidade

+

-

COMPRAR

Frete e prazo

Frete e prazo

calcular

Não sei meu cep

Descrição do Produto

DESCRIÇÃO:

Lote de Turmalinas com Formação de Lepidolita

Nome da Pedra: Turmalina e Lepidolita
Cor da Pedra: Verde, Branca e Rosa
Tamanho da Pedra: 20,0 X 6,0 a 6,7 X 6,3 mm
Corte da Pedra: Limpa e Facetada
Peso da Gema: 22,5 Cts, ou 4,7 g
Quantidade: 06 gemas
Origem: Brasil


CURIOSIDADES:

Turmalina

Nenhuma gema possui tantas variedades de cores como a turmalina. Os holandeses levaram as turmalinas à Europa em 1703. As turmalinas de uma só cor são muito raras. Num mesmo cristal ocorrem, com freqüência, distintas tonalidades e cores.

Propriedades: Proteção contra energias densas em ambientes pesados, repele energias negativas, boa para enfermidades com perigo de vida.
Possui alto poder de cura, é rejuvenescedora e estimula a comunicação, fortalece o sistema nervoso, evita o stress, atrai abundância e prosperidade.

Jazidas: As jazidas mais importantes de turmalina estão em Sri Lanka, República de malgaxe, Brasil e Moçambique.

Cuidados com sua Turmalina: Recomenda-se tirar a sua jóia para atividades que possam desgastar, riscar ou quebrar a pedra.

Turmalina Azul:
Também conhecida como Turmalina Indicolita, é uma classe de turmalina muito rara, quase escassa, muito desejada pelos peritos de pedras preciosas.

Turmalina negra:
É uma pedra muito bonita e resitente. Das turmalinas é a única que só é encontrada na claridade opaca, não existe turmalina preta transparente. Também é muito encontrada nos quartzo cristais, dando-se a eles o nome de quartzos turmalinados, ou quartzos rutilados.

Turmalina Paraíba:
É conhecida por este nome devido ao estado da Paraíba, no Brasil, onde ela foi descoberta por Heitor Dimas. É considerada uma pedra muito rara e de um valor muito alto. Esta é uma das pedras preciosas mais valiosas que o Brasil possui. A cor azul desta pedra é diferente por causa do cobre e manganês encontrados em sua composição.

Turmalina Rosa:
Conhecida também como Turmalina Rubelita, nome derivado da semelhança de sua cor com a do rubi. Esta também foi uma forma de classificá-la. É uma pedra muito admirada na joalheria e por colecionadores, e seu valor depende muito da sua claridade e da intensidade de sua cor.

Turmalina verde:
É a turmalina mais comum a ser encontrada, mas a sua tonalidade de verde também varia muito de pedra para pedra, e assim como a turmalina rubelita, o seu valor depende muito de sua claridade, limpeza e intensidade. Também é muito apreciada na joalheira e por colecionadores.

Turmalina Bicolor: `
Conhecida também como "Turmalina Melancia" por causa da sua cor verde e rosa, e muitas vezes amarelada, é uma pedra muito apreciada por colecionadores, e muito usada para fazer jóias exóticas dada a sua beleza. É uma pedra com um valor razoavelmente caro, dependendo da sua qualidade e do seu corte ou lapidação.

Lepidolita

Lepidolite ou Lepidolita (KLi2Al(Al,Si)3O10(F,OH)2) é um mineral de cor lilás ou rosa-violeta do grupo dos filossilicatos. Faz parte do grupo das micas, sendo uma fonte secundária de lítio. Ocorre associado com outros minerais portadores de lítio como espodúmena em corpos pegmatíticos. É uma das principais fontes dos raros metais alcalinos rubídio e césio.

Propriedades físicas

Cor: violeta, lilás, rosa pálido a branco, por vezes cinzento ou amarelo.
Brilho: vítreo a nacarado.
Transparência: transparente a translucente.
Sistema de cristalização: monoclínico 2/m.
Hábito cristalino: cristais tabulares a prismáticos com terminação pinacoidal proeminente. Forma "livros" pseudo-hexagonais. Também micáceo ou em massas granulares.
Clivagem: perfeita na direcção perpendicular ao eixo-c.
Fractura: desigual.
Dureza: 2.5
Peso específico: >2.8
Traço: Branco.

Minerais associados: quartzo, feldspato, espodúmena, ambligonite, turmalina.
Ocorrências notáveis: Brasil; Montes Urais, Rússia; Califórnia, Estados Unidos. Em Portugal pode encontrar-se, por exemplo, nas zonas de Fornos de Algodres e Fundão.

História

Em 1930, Fred Allison do Alabama Polytechnic Institute anunciou a descoberta do elemento de número atômico 87 em amostras dos minerais lepidolite e pelucita. Nesta época, eram conhecidos todos os elementos até o número atômico 92, exceto os de número 85 e 87. Em 1934, H.G. MacPherson da University of California, Berkeley desmentiu esta descoberta.

Lepidolita manifesta o raio rosado violáceo. Sempre que esse novo raio de cor se apresenta, podemos supor que vamos trabalhar com uma energia que ajuda a equilibrar o coração (rosa) com a mente (roxo). A Lepidolita varia do rosa-claro pálido ao roxo escuro profundo, mas, na maioria das vezes as duas nuanças se combinam graciosamente numa mistura perfeita.
Hoje há uma crescente necessidade de equilibrar as polaridades, sejam os lados masculino e feminino de nós mesmos, o físico e o espiritual ou coração e a mente. O reconhecimento e a aceitação de cada aspecto são essenciais para alcançarmos a paz interior e criarmos um sentido de integridade pessoal. A Lepidolita está entrando em cena nesta época de fusão como mensageira da androginia e para nos ajudar a responder perguntas do tipo: Como construir uma ponte entre os sentimentos anímicos do coração e as impressões conscientes da mente superior? A Lepidolita, com sua aptidão para harmonizar perfeitamente o raio rosado violáceo é um mestre ideal para esta lição. Trata-se de um exemplo do modo de construir a ponte que facilita o casamento do coração com a mente.
Além disso, a Lepidolita é uma excelente pedra de cura de tudo que estiver impedindo a fusão entre a mente e o coração.
A Lepidolita funde a suavidade do Quartzo rosa com o delicado violeta da Ametista e transmite a energia apropriada à calma e à auto cura.
Uma ótima dica colocar Lepidolita na água do banho e colocá-la sobre o corpo para aliviar, equilibrar e harmonizar os corpos mental e emocional.
Lepidolita é um mineral de Mica de Lítio, que se apresenta na cor lilás ou rosa-violeta muito bonito. Equilibra coração e mente. Ajuda no tratamento da insônia e pode ser colocada sobre o corpo durante o banho para equilibrar e harmonizar o mental e o emocional. Promove ainda a transcendência espiritual e consciência cósmica. Estimula a meditação, oração e bondade.

PRODUTOS RELACIONADOS

Produtos Relacionados

Comentários

DÚVIDAS? CLIQUE AQUI!