MINHA CONTA

Endereço de e-mail

Senha

Pingente Indiano de Prata 925 com Crisocola e Pérolas Naturais Imagem 1 Pingente Indiano de Prata 925 com Crisocola e Pérolas Naturais Imagem 2
Imagem 1
Imagem 2

Joias de Prata 925 e 950

Pingentes de Prata 925 e 950

Pingente Indiano de Prata 925 com Crisocola e Pérolas Naturais

Pingente Indiano de Prata 925 com Crisocola e Pérolas Naturais

(001433)

Marca:  Preciosa  | 

Modelo:  Jóia de Prata 925 com Gemas Naturais

Lindíssimo Pingente Indiano de Prata 925 com Crisocola e Pérolas Naturais

mais informações

Pingente Indiano de Prata 925 com Crisocola e Pérolas Naturais

(001433)

Marca:  Preciosa  | 

Modelo:  Jóia de Prata 925 com Gemas Naturais

Lindíssimo Pingente Indiano de Prata 925 com Crisocola e Pérolas Naturais

mais informações

As combinações acima não possuem estoque.

Produto temporariamente indisponível

Descrição do Produto

DESCRIÇÃO:

Pingente Indiano de Prata 925 com Crisocola e Pérolas Naturais

Nome da(s) Pedra(s): Crisocola e Pérolas Naturais
Cor da(s) Pedra(s): Azul e Branco
Corte da(s) Pedra(s): Octagonal e Redonda Cabochão
Tamanho da(s) Pedra(s): 19,0 X 23,0 mm e 5,0 mm, e 24,00 CT (total)
Tamanho da Jóia: 5,6 cm
Peso da Jóia: 8,8 g
Metal: Prata 925
Claridade: Opaca e Excelente
Brilho: Fascinante
Tratamento: Sem Tratamento
Origem da(s) Gema(s): EUA e Japão
Origem da Jóia: Índia
Quantidade: 01 peça

CURIOSIDADES:

O CRISOCOLA MINERAL

Química: Cusio 3 - nH 2 O, silicato de cobre hidratado
Classe: Silicatos
Subclasse: filossilicatos
Usos: minério de menor de cobre e uma pedra ornamental.

Espécimes

O Crisocola é de um atrativo azul-esverdeado que fornece uma cor única para o mundo mineral. O Crisocola é talvez mais apropriadamente um mineralóide do que um mineral verdadeiro. Na maioria das vezes, ele não tem uma estrutura coerente cristalina. No entanto, em temperaturas mais altas ele demonstra uma estrutura de cristal distorcida. O Crisocola se forma em zonas de oxidação de corpos de ricos em minério de cobre.
O Crisocola puro é suave e frágil e, portanto, não apropriado para uso na joalheria. No entanto, muitas vezes o Crisocola é ?agatizado? com calcedônia de quartzo, e é o quartzo que fornece O Crisocola à pedra rigidez e durabilidade. A Druza de Crisocola é uma rocha composta de Crisocola ?agatizada? com uma crosta de pequenos e brilhantes cristais de quartzo em pequenas cavidades. Ocasionalmente, Crisocola pode ter uma cor turquesa e ser usado como um substituto para a pedra mais preciosa.

CARACTERÍSTICAS FÍSICAS:

A cor é um exclusivo verde-azulado, mas pode variar muito de mais azul a mais verde, muitas vezes no mesmo espécime.
Seu brilho é vítreo ou encerado. Sua transparência é translúcida a opaca. Seu Sistema de Cristal é, provavelmente, monoclínico ou ortorrômbico.
Seus hábitos de crescimento incluem formas na maioria maciça que podem ser crostas, estalactites e botrioidais. Também surgem como inclusões em outros minerais, como o quartzo.

Dureza é variável: 2-4. Gravidade Específica é de cerca de 2,0-2,3 (muito leve)
Os Minerais associados são o quartzo, limonita, azurita, malaquita, cuprite e outros minerais de cobre secundários.

Ocorrências notáveis incluem Arizona, Utah, Novo México e Pensilvânia, EUA; Isreal; Zaire e na Inglaterra.

Propriedades: Trata-se de uma pedra feminina, que representa a água e a lua do passivo e do emocional. É ideal no caso de perturbações tipicamente femininas, tais como desconforto menstrual, dor lombar.

Pérolas

Sobre Pérolas

A origem da palavra pérola vem do latim e seu significado talvez venha de um molusco "perna" ou devido a sua forma esférica "sphaerula". As pérolas são produzidas por moluscos e seu tamanho varia do de uma cabeça de alfinete e o de um ovo de pomba. A maior pérola encontrada pesa 450 quilates. A pérola se origina de uma reação do molusco a corpos estranhos que penetram no seu interior.
Certos moluscos bivalves (duas conchas), como alguns mexilhões e ostras, criam pérolas como uma reação a um agente irritante que se alojou dentro da concha. Na natureza, essa irritação pode ser microscópica, como um parasita, ou um grão de areia. O molusco segrega nácar, o mesmo material usado na parte interna da concha, e, ao longo do tempo, o nácar vai envolvendo o intruso, criando a pérola. Pérolas naturais podem não ser, necessariamente, perfeitamente redondas. Quanto mais tempo o molusco trabalha para criar a pérola, maiores as chances de a pérola ser deformada ou oca. Tanto os moluscos de água salgada quanto os de água doce produzem pérolas.
Propriedades: Tem o poder de atrair amor, sorte, saúde e dinheiro. Considerada a mais sensível das pedras, por ser gerada a partir de um ser vivo.

Pérolas de cultura

As pérolas cultivadas não são uma imitação, mas sim uma forma do homem colaborar para sua formação natural. A produção das pérolas cultivadas é causada pela introdução de corpos estranhos nos moluscos.
Quando os técnicos introduzem um irritador em um molusco, ele se protege com nácar, como de costume, e o resultado é uma pérola "real". No entanto, o irritador é muito maior que um grão de areia ou um parasita. Moluscos de água salgada são semeados com uma lasca pequena de madrepérola (material do interior da concha), mais um pedacinho de seu próprio tecido, o que leva à produção da pérola imediatamente. Pérolas de água salgada cultivadas, portanto, começam maiores, têm um centro não-nácar, são uniformemente arredondadas e estão prontas para a colheita mais cedo do que uma pérola natural.

Jazidas: As pérolas de melhor qualidade encontram-se no Golfo Pérsico (pérola do oriente). Existe também extração na Índia e Sri Lanka, na Austrália e na América Central. As pérolas cultivadas são produzidas em larga escala no Japão.

Cuidados com a pérola: As pérolas têm que ser armazenadas separadamente das outras peças, envolvidas em tecido. Limpe-as com um pano úmido e evite produtos químicos da casa, produtos para os cabelos, cosméticos e perfumes, pois tiram o brilho das pérolas.

PRODUTOS RELACIONADOS

Produtos Relacionados

Comentários

DÚVIDAS? CLIQUE AQUI!