MINHA CONTA

Endereço de e-mail

Senha

Joias de Prata 925 e 950

Pingentes de Prata 925 e 950

Pingente de Prata 925 com Safiras e Madrepérola Naturais

Pingente de Prata 925 com Safiras e Madrepérola Naturais

(001583)

Marca:  Preciosa  | 

Modelo:  Jóia de Prata 925 com Gemas Naturais

Maravilhoso Pingente de Prata 925 com Safiras e Madrepérola Naturais

mais informações

Pingente de Prata 925 com Safiras e Madrepérola Naturais

(001583)

Marca:  Preciosa  | 

Modelo:  Jóia de Prata 925 com Gemas Naturais

Maravilhoso Pingente de Prata 925 com Safiras e Madrepérola Naturais

mais informações

As combinações acima não possuem estoque.

de: R$ 439,00

por: R$ 239,00

ou por 7x de R$ 38,35 com juros

ESTOQUE: 1

Quantidade

+

-

COMPRAR

Ver outras formas de pagamento e parcelamento

Frete e prazo

Frete e prazo

calcular

Não sei meu cep

Descrição do Produto

DESCRIÇÃO:

Pingente de Prata 925 com Safiras e Madrepérola Naturais

Nome da(s) Pedra(s): Safiras e Madrepérola Naturais
Cor da(s) Pedra(s): Azul e Branco Perolado Iridescente
Corte da(s) Pedra(s): Redonda Facetada e Fancy Cabochão
Tamanho da(s) Pedra(s): 2,0 mm; madrepérola: 9,0 X 7,0 mm
Tamanho da Jóia: 31,0 X 21,0 mm
Peso da Jóia: 38,27 Cts ou 7,7 g
Metal: Prata 925
Claridade: Excelente
Brilho: Charmoso
Tratamento: Aquecido e Sem Aquecimento
Origem da(s) Gema(s): África e Thailândia
Origem da Jóia: Thailândia
Quantidade: 01 peça

CURIOSIDADES:

Safira

O nome Safira vem do grego e significa "azul". Antigamente, o nome safira era utilizado para designar todas as pedras azuis. A safira pertence ao mesmo grupo do rubi, o grupo dos coríndons. As safiras possuem diversas cores, desde o azul, amarela, rosa, laranja, pois a única cor da família dos coríndons que não é safira é a vermelha, que é o rubi. Em 1966, foi encontrada a maior safira estrelada (astérica), um cristal de 63.000 quilates (=12,6kg).

Jazidas: As jazidas mais importantes de safiras estão na Austrália (Queensland, desde 1870), Birmânia, Norte da África, Sri Lanka e Tailândia. As melhores Safiras vinham, antigamente, de Kashmir, na Índia; a jazida se encontrava a 5000m de altitude e estava sendo explorada desde 1880 e parece estar esgotada

Cuidados com sua safira: É uma pedra muito resistente, uma das mais duráveis. Deve-se apenas tomar cuidado com os riscos.

Propriedades: Contra as influências negativas. Alivia contra reumatismo, ciática, dores nevrálgicas, epilepsia, histeria. Estimula a oração e a meditação profunda.

Madrepérola

Como o nome diz, madrepérola significa "mãe das pérolas". Diz a lenda que a deusa Afrodite nasceu numa concha de madrepérola criada pela espuma do mar. É o símbolo das bodas de 31 anos.

Madrepérola ou nácar é uma substância calcária, dura, brilhante, branca ou escura e iridescente produzida por diversos moluscos, especialmente os bivalves. É o principal componente das pérolas.

Produção

A madrepérola reveste o interior de diversas conchas. Também é liberada por alguns moluscos como uma reação a um corpo estranho que tenha entrado em sua membrana epitelial. O corpo estranho causa irritação ao animal, que passa a liberar essa secreção isolada para calcificação similar a parte interna da concha, formando uma pérola cujo tamanho varia de acordo com o tempo de resistência do corpo estranho no animal e das condições climáticas do meio ambiente.

As ostras que produzem a madrepérola são as ostras conhecidas como ostras bivalves. As ostras que são encontradas no Pacífico Sul são grandes, e é delas que se tira a maior parte da madrepérola encontrada no mundo. Países como a nova Zelândia, Austrália, Estados Unidos e Filipinas produzem madrepérolas, e as melhores são encontradas em mares tropicais. O Japão além de produzir lindas pérolas, também produz a madrepérola.
No Brasil as ostras encontradas na parte sul da Ilha de Marajó produzem um tipo de madrepérola interessante, ela é mais espessa que as demais, essas ostras tem em média 10 cm, e uma forma alongada, além de produzirem madrepérolas excepcionais, as pérolas produzidas por ostras encontradas nessa região apresentam boa qualidade, existem até casos de pessoas que quando comem as ostras de lá encontram uma pérola no meio.

Assim como na pérola, a cor da madrepérola vai depender da cor do interior da ostra, se a ostra tem um interior rosado, a madrepérola será rosada, se for da cor creme, a madrepérola terá a cor creme, alguns tipos de madrepérola apresentam duas nuances, as vezes creme com nuances prateadas, ou creme com nuances rosadas. O material que compõe a madrepérola é o nácar, mesma composição da pérola, a diferença é que na madrepérola o nácar se deposita em toda a parte interna da concha, e não somente no meio como na pérola. É uma pedra resistente, calcária, flexível as que apresentam um tom opaco, tem baixo valor, as que apresentam brilho são as que valem mais. Podem ter diversas cores como: o creme, o rosa, o verde, e o prata.
A madrepérola é utilizada tanto em bijuterias quanto em jóias, diferente da pérola, ela não é tão rara, e seu cultivo é mais fácil que o da pérola.

Utilização

A madrepérola é bastante utilizada na confecção de jóias. A madrepérola tem a mesma origem da pérola: a concha. Em alguns tipos de molusco, quando entra um corpo estranho em seu interior, o organismo do molusco começa a liberar uma substância nacarada que vai cobrir a parte interna da concha, e assim surge o que conhecemos como madrepérola.

Cidados: Assim como a pérola, a madrepérola é orgânica, e por isso precisa quase dos mesmos cuidados que a pérola, como, por exemplo: evitar guardar em lugares fechados, onde a peça não respira; alguns tipos de pele contêm substâncias que podem alterar a madrepérola; não guarde sua peça com madrepérola em lugares úmidos, e nem onde tem calor excessivo.

PRODUTOS RELACIONADOS

Produtos Relacionados

Comentários